Buscar

PROGRAMA DE RÁDIO 25 DE ABRIL DE 2020


Na semana que se encerra, muito trabalho foi feito pelo sindicato, quando já na segunda-feira, dia 20 de abril, todos os processos para receber o valor da RR Shoes já foram levados a justiça do trabalho. Foi um final de semana intenso de trabalho dos advogados, mas com agilidade foi dado mais um passo. Agora é esperar pela data da audiência. Durante esse tempo deve ocorrer negociações e proposta da empresa para fazer o acerto. Já há tratativas, mas muito trabalho para de fato se chegar a um consenso.

Também dizer que a partir do dia 22 de abril já houve liberação do FGTS depositado, quando, infelizmente, houve congestionamento da Caixa Econômica Federal e muitos não puderam ser atendidos. Não adianta a Caixa alegar que os empregados devem usar os aplicativos, pois muitos não conseguiram ou não gostam de usar as ferramentas digitais. Por isso, cabe a Caixa atender a todo cidadão brasileiro, pois é um banco prestador de serviços, que gerencia o fundo de garantia.

Já o convênio com o SINE está funcionando muito bem, e todos os calçadistas que necessitam encaminhar seguro desemprego, estão sendo muito bem atendidos, devido ao convênio que o Siticalte fez com a Prefeitura de Teutônia. Novamente, nosso agradecimento ao Sine, ao Prefeito e a Secretaria de administração de Teutônia.

– Como segundo assunto de hoje, precisamos relatar os problemas que estão ocorrendo no fechamento da unidade da Paquetá.

Após 40 anos gerando emprego, renda e esperança em Teutônia, chega ao fim o ciclo Paquetá em Teutônia, com o encerramento total de sua unidade. Porém, lamentavelmente, da pior forma possível, sem cumprir suas obrigações trabalhistas. Como ainda não há informações precisas, não temos como falar mais sobre o caso, mas de fato, a se confirmar tudo seria vergonha. Temos ainda alguns dias para mudar e convencer a ser diferente, mas não nos parece que irá acontecer.

Falaremos mais sobre isso no próximo sábado, quando houver clareza dos fatos.

– Como não poderia ser diferente, batem na trave o saque do FGTS e encaminhamento do seguro desemprego do Atelier Eleandro na cidade de Paverama, que encerrou suas atividades e usou a força maior nas rescisões.

Vamos ver como irá resolver isso, pois desde o início, quando empresas cogitaram essa opção, o Siticalte alertava e combatia essa medida, pois não caberia Força Maior nessa pandemia.

Como fizeram à revelia do Sindicato, devem achar também uma solução.

– Com o período crítico que estamos atravessando e perdendo dinheiro, o Governo Federal fez ao menos uma medida interessante, que momentaneamente segurou milhares de empregos. Trata-se da medida provisória 936, a qual, reduz a jornada de trabalho e salários por até 90 dias, dando estabilidade aos empregados e a suspensão total do contrato de trabalho, o qual, por 60 dias fica recebendo valor calculado pelo seguro desemprego.

No caso da redução de jornada de trabalho e redução de salário, possui a modalidade de 25, 50 e 70% de redução. Na questão de salário, há uma parte paga pela empresa e a outra parte paga pelo governo, mediante cálculo baseado no seguro desemprego, ou seja, um valor um pouco menor pago pelo governo ao empregado.

Para saber certo que valor o empregado irá receber, pode vir no sindicato, pois temos a calculadora do Dieese, que simula de forma exata o valor.

Ninguém gosta de perder e não tem margem para perder salario, mas o fato do governo participar, salvando milhões de empregos, merece nossa consideração e, certamente, se não tivesse essa medida provisória, o setor calçadista estaria em colapso total.

– O Siticalte comunica que todos os advogados estão atendendo normalmente. Agende o seu horário pelo telefone 3762-7020.

Na próxima sexta-feira, 01 de maio, dia do trabalhador, o Siticalte estará fechado.

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta  07:30 - 12:00

                          13:30 - 18:00

Rua Carlos Arnt nº618 - Canabarro, Teutônia - RS



siticalte@siticalte.org.br

 

Telefone: 051 3762-7020