Buscar

PROGRAMA DE RADIO DE 22 DE JANEIRO DE 2022


Associados do Siticalte Bom dia!

Após as costumeiras férias de final do ano e com isso o recesso da justiça e por isso não correm prazos adentramos em 2022 com expectativa de encaminhar algo para resolver os principais processos trabalhistas pendentes de posse do sindicato e do corpo jurídico. Faremos um pequeno resumo para informar a sociedade pois os envolvidos sempre recebem a informação de forma direta via telefone ou quando tiveram dúvidas falamos direto com o advogado.

BLIP- Foi a partir de 2006 e 2007 que empregados demitidos e não receberam seus haveres precisando ingressar via judicial onde houve proposta e acordo de parcelamento e após receberam 7 parcelas e outros 2 parcelas foi interrompido pela famosa recuperação judicial e que em 20 de junho de 2011 resultou na decretação da falência. Passados anos com discussões de toda natureza o Siticalte obteve penhora em impostos IPI e COFINS e após longa batalha judicial liberados e distribuídos ao final do ano de 2019.

A partir deste momento inicia o debate sobre propriedade do prédio e que também após longos anos e batalha judicial resultou finalmente em favor dos empregados e leiloado no ano de 2021 e pago de forma parcelada com término agora recentemente final de 2021. Agora inicia a etapa de emissão dos alvarás para pagamento a qual é de competência da 1° vara judicial comarca de Teutônia conhecido por muitos por FÓRUM.

Muitos perguntam, qual prazo? Não há como precisar ainda pois como já dissemos compete a justiça.

Uma coisa é certa de que esse leilão, essa arrecadação não irá cobrir todos créditos trabalhistas e ficará em aberto o restante do valor por falta de patrimônio.

RR SHOES – Após mais de 6 meses aguardando homologação da assembleia de credores finalmente foi homologado e será pago em até 12 vezes iniciando em 9 de março tanto para aqueles que fizeram acordo de deságio onde ficou 30 % do valor assim como para aqueles que não fizeram acordo e receberão os haveres de forma integral.

PAQUETÁ – Já está em andamento o pagamento para a primeiro turma de forma parcelada e a última turma no fechamento da empresa ainda correndo com prazos e recursos mas já foi revertido para demissão sem justa causa e não por força maior e isso resultará em diferenças muito significativas no valor de cada empregado. Resta aguardar os prazos.

As informações retornam no próximo sábado, tenham todos um bom final de semana.