Buscar

Sem sindicato, seu direito desaparece!


Para que você, trabalhador, entenda a importância que o sindicato tem na sua vida laboral e até familiar, listamos 5 motivos de destaque para mostrar porque, atualmente, o sindicato se tornou indispensável para todas as categorias profissionais. Não perca tempo, vá até o Siticalte, fique sócio, participe da vida sindical e usufrua dos benefícios de uma categoria unida e forte em busca de melhores condições de trabalho.


1. TRABALHADORES SINDICALIZADOS GANHAM MAIS E TÊM MAIS BENEFICIOS

Os sindicatos utilizam sua força coletiva para negociar melhores salários, melhores condições de trabalho e também uma gama de benefícios que não seriam conquistados caso fizessem uma negociação individual com o patrão. O sindicato, além de sua representatividade por meio dos trabalhadores, possui conhecimento dos meios de negociação, a realidade de cada empresa, o que ela pode oferecer a mais e conhece também o funcionário e sabe o que ele espera das negociações.


2. TRABALHADORES ORGANIZADOS EM SINDICATOS TEM LOCAIS DE TRABALHO MAIS SEGUROS

Os representantes dos trabalhadores realizam a fiscalização da segurança e medicina do trabalho. Apesar disso, há grande resistência dos empregadores em cumprir tal disposição, por isso é preciso que se tenha uma entidade com força e comprometida com a segurança do trabalhador, que avalie a intensidade e o ritmo de trabalho, se existe assédio moral, verificação dos exames médicos de admissão, demissão e periódicos, dos equipamentos de segurança, prevenção de acidentes e doenças do trabalho, a elaboração de Mapas de Risco, a criação de programas e campanhas de prevenção em parceria com a Cipa e o empregador. As condições dos locais de trabalho também são temas negociados e fiscalizados pelo sindicato como as condições de higiene, e manutenção de máquinas e equipamentos e também dos direitos, garantias e procedimentos que devem ser adotados em relação ao trabalhador já acidentado.


3. FISCALIZAÇÃO DOS SINDICATOS GARANTEM QUE DIREITOS TRABALHISTAS SEJAM RESPEITADO

A entidade sindical é um fiscal atento, pois em contato com o trabalhador toma conhecimento das infrações que vão desde desrespeito às leis mais básicas até queixas de assédio moral a trabalho escravo, e faz a denúncia às autoridades fiscalizadoras e ao Ministério Público. Neste sentido, o sindicato se coloca como intermediador das relações do trabalho, assumindo um papel que o trabalhador sozinho não poderia exercer por medo de perder o emprego. Então, o sindicato fiscaliza e toma as medidas necessárias, trabalhando em sigilo absoluto, evitando assim a exposição de um trabalhador.

Ao homologar as rescisões de contrato de trabalho, o sindicato também verifica se o trabalhador está recebendo tudo que lhe é de direito e caso não esteja, fornece assessoria jurídica gratuita para que ele não seja lesado ao sair de um emprego. Os sindicatos de trabalhadores contribuem não só para a melhoria da vida de seus representados, mas também para evitar a morosidade das demandas judiciais na resolução dos conflitos, agindo como mediador das relações trabalhistas.


4. ATUAÇÃO DOS SINDICATOS DIMINUI A ROTATIVIDADE DE TRABALHADORES

A alta rotatividade dentro das organizações é um dos muitos problemas enfrentados pelos trabalhadores brasileiros. Uma avaliação do Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, mostra que a baixa remuneração, falta de benefícios, ausência de oportunidade de crescimento na carreira, estresse e sobrecarga de trabalho são alguns dos principais motivos da alta rotatividade do mercado de trabalho e que levam o trabalhador a pedir demissão ou ser demitido pela falta de motivação, que se reflete diretamente na produtividade do funcionário.

A participação da entidade sindical neste cenário é de fundamental importância não só para os funcionários, mas também para a empresa. Nas negociações coletivas, os sindicatos conseguem garantir itens econômicos, sociais, educacionais, de medicina e segurança no trabalho, programa de participação nos resultados e inúmeras outras demandas de forma a trazerem benefícios em montante superior às leis e outras normas diversas, com isso, a categoria em questão irá planar em um nível acima do comum quando comparado a outras categorias. Por isso é uma vantagem também para a organizações contarem com um sindicato laboral e firmarem convenções e acordos coletivos altivos, que garantem um funcionário motivado e saudável contribuindo para o crescimento da empresa. Com isso evita-se muitos custos como pagamento de rescisões e também em função da demanda de uma nova contratação, gastos com uniformes e treinamentos e o pior que é perder um bom profissional.


5. TRABALHADORES SINDICALIZADOS TÊM ACESSO PROGRAMAS SOCIAIS EXCLUSIVOS

Já faz algum tempo que a forma de atuação dos sindicatos têm sido cada vez mais abrangente, trazendo benefícios que vão além das negociações coletivas e também das fiscalizações. As entidades têm atuado de forma efetiva numa perspectiva de melhor qualidade de vida, inclusão social, responsabilidade socioambiental, inclusão digital, qualificação profissional, convênios e parcerias que visam proporcionar aos trabalhadores descontos exclusivos em produtos e serviços utilizados no dia a dia.


Fonte: fenatracoop